Comportamento do Setor Informal na pandemia



Segundo o IBGE, a taxa média de desocupação no país foi 13,5% do Brasil em 2020 e foi a primeira vez na série histórica que menos da metade da população em idade para trabalhar estava ocupada no Brasil.


No Piauí, apesar da geração de emprego formal ter caído 0,3 pontos percentuais no ano passado, a taxa de desocupação está no mesmo patamar desde 2018, estacionada em 12,8%.


De acordo com o Instituto, ao observar os dados do setor informal, isto é, para os trabalhadores que atuam sem carteira ou empregador sem CNPJ, a ocupação também foi afetada, passando de 41,1% em 2019 para 38,7% em 2020 entre todas pessoas que exercem atividade econômica.


A queda da informalidade não está relacionada a mais trabalhadores formais no mercado. Mas, está relacionada ao fato de trabalhadores informais terem perdido sua ocupação ao longo do ano. Com menos trabalhadores informais na composição de ocupados, a taxa de informalidade diminui.


De acordo um estudo recente do Banco Central, publicado na semana passada, alguns fatores contribuiram positivamente para o nível de emprego, como o auxílio emergencial e o acesso a crédito, principalmente nos estados do Norte e Nordeste. Já a estrutura produtiva local menos baseada em atividades que exigem maior contato social e os programas de crédito também foram relevante, mas esta característica esteve mais presente ao Sul do país.

7 visualizações0 comentário