Planejamento tributário: Como reduzir o pagamento de impostos e investir mais?


O ano de 2020 está na reta final. Pensando nisso, é hora de olhar para 2021 e colocar na mesa nossos planos. Sendo assim, logo no começo do novo ano, uma das obrigações de todo brasileiro é o pagamento de impostos e, para uma boa parcela da população, é possível ver o Leão se preparando. Sobre isso, é preciso sempre estudar e pesquisar a melhor forma - lícita - de administrar a questão dos impostos.


Então, hoje vou falar um pouco sobre a previdência e como é possível investir usando o dinheiro que seria pago em tributos. Como assim “seria pago”? Eu explico. Primeiro, ninguém gosta de pagar imposto por aqui, não é verdade? Segundo, tem como, é possível, fazer escolhas para gerenciar melhor essa questão do recolhimento.


A dica que eu trouxe é direcionada para quem faz a declaração completa do Imposto de Renda para Pessoa Física e já investe ou deseja investir. E ressalto que, se você se interessou, é preciso fazer algo até 31/12 para aplicar e capturar a vantagem que a estratégia oferece.


Como funciona? Considerando que você faça a declaração completa, deixo aqui a primeira dica: é muito mais interessante investir em previdência do tipo PGBL, embora a maior parte dos brasileiros optarem pelo modelo VGBL, pois a base de cálculo muda entre as duas opções, sendo possível abater até 12% do valor da renda tributável utilizando o primeiro formato.


O que vai acontecer? Ao invés de você pagar o valor do imposto sobre o total da renda tributável, você pode direcionar uma parte para a previdência e, além de investir, esta escolha reduzirá a carga tributária sobre você.


Nos últimos dias, vários analistas usaram o seguinte exemplo bastante simples para ilustrar: digamos que você receba R$ 100.000,00 e invista R$ 12.000 por ano. Daí, sem nenhuma observação adicional, após o pagamento do imposto e de fazer as aplicações, você teria R$ 61.369,36 reais para pagar suas contas durante o ano. Mas, se você optou por uma previdência no mesmo valor - de 12 mil reais - você teria R$ 64.669,36 reais para cobrir suas despesas ao longo do ano. Isto significa uma sobra de R$ 3.300,00 para você investir mais!


Você pode fazer o cálculo no site: http://www26.receita.fazenda.gov.br/irpfsimulaliq/private/pages/simuladoraliquota.jsf


Fazer melhores escolhas pode ajudar muito e, principalmente, pode tornar a administração do seu dinheiro mais eficiente. Isso é pensar no planejamento tributário.


Informações: Nord Research e XP Investimentos

3 visualizações0 comentário